Em Exclusivo – Entrevista a Valter Guerreiro!!!

Pessoal cada vez mais me dá gosto fazer estas entrevistas… Não sei porque, mas cada uma mostra algo que certamente ninguem está à espera! Desta vez  fui entrevistar o Valter… e olha em exclusivo dá uma noticia daquelas que muito esperavamos! Vejam o que ele tem para dizer!!! ( ver mais)

valter_1small 

 Idade: 31 anos

Localidade: Portimão

 

Valter então tudo bem, Fala-nos um pouco de ti!

 

Boas!!! Falar de nós próprios é sempre suspeito, mas eu diria que para além de ser baixo, careca e mal humorado (lol) sou bastante dinâmico, acessível, trabalhador e muito positivista, não sou pessoa de desistir facilmente.

Sou natural de Loulé, e só aos 10 anos é que me mudei para Portimão, cidade a qual eu considero como a minha cidade. Aos 12 anos os meus pais compraram-me a minha 1ª Bmx, uma “Esmaltina” e ao 15 depois de ter juntado 30 contos montei uma MBK, a partir dai foi sempre a subir.

 

 

Há quantos anos de bmx, e quais as tuas maiores motivaçoes?

 

Eu já ando de bike há cerca de 16 anos e lembro-me de já aos 5 anos ficar fascinado com uns bacanos que andavam ao pé da minha casa em Almancil, só os vi andar 2 vezes mas chegou para ficar com o bichinho. A minha maior motivação é o gozo que sinto quando ando de bike, é quase como uma droga (de uma forma positiva claro!!!) quando passo algum tempo sem andar começo a stressar e a precisar de andar para me sentir bem.  Por outro lado ver atletas como o Mathias dá uma pica enorme e motiva bastante.

 

 

A tua vida Profissional é um pouco diferente, como consegues conciliar com o bmx e toda a tua azafama diária?

 

Pois!!! A minha vida profissional faz-se dentro de um fato e gravata, sou Recepcionista de 1ª num hotel de *****. Para conseguir fazer várias coisas num só dia é preciso fazer sacrifícios, e neste momento trabalho das 00:00 até ás 08:00 para poder ter tempo durante o dia para o CBP, Bmx, part-time e vida particular entre outras coisas.

 

 valter_small

 

Não perdendo a noção que estou a falar com o Presidente do CBP, fala-nos um pouco do clube, e do teu trabalho em redor do mesmo?

 

Está deve ser a pergunta mais difícil de responder desta entrevista, Hummm… O Clube Bicross de Portimão existe com o intuito de fomentar e incentivar a prática do desporto, nomeadamente os desportos dito radicais e o trabalho em grupo sempre com o objectivo do desenvolvimento pessoal através da criação de objectivos. O meu papel no Clube é fazer com que tudo isto aconteça nem que tenha que trabalhar 24 horas por dia e também á noite se for preciso (lol) fazendo tudo o que for necessário e que esteja ao meu alcance. De momento tenho muita coisa ás costas, muitas responsabilidades o que praticamente não me permite desligar nem por um dia do Clube, espero que de futuro sejamos mais e melhores para poder passear o cão aos domingos (lol).

 

 

 

Alguns projectos futuros que possam ser avançados?

 

Projectos e ideias existem muitas já sabendo á partida que algumas delas não vão chegar a ser feitas (para já) por vários motivos. Algo que posso avançar e irá sair uma noticia muito em breve é sobre a situação das rampas em Portimão, desde á um ano até á data o CBP tem vido a tomar as medidas necessária para a resolução do problema e é com agrado que posso avançar (em exclusivo no ATITUDE) que vai existir já muito brevemente um espaço requalificado e muito agradável com 1000m2 onde será colocado o Skate park, o qual nós pretendemos que seja temporário. Isto devido ao facto de dentro de um programa desenvolvido pela Câmara Municipal de Portimão sobre as necessidades desportivas do concelho estar inserido um projecto muito interessante. De resto iremos continuar a organizar campeonatos e a investir bastante no desenvolvimento dos nossos atletas como temos feito particularmente em anos anteriores ao Pedro seca e alguns atletas de Bmx Race.

 

 

 

Queres falar da tua viagem de regresso a casa quando voltavas do Clash Show em lisboa? ( Sorrisos!)

 

Não sendo uma pessoa religiosa, acho que nesse dia muitas orações não devem ter sido ouvidas, porque deus devia ir comigo como co-piloto na viagem de volta para casa. O dia estava chuvoso, mas nada de especial nem ia com as escovas ligadas no máximo, a 130km depois de passar a saída de Setúbal na Auto-estrada numa recta entrei em aquaplanagem, slide para a direita a assim que toquei na terra…capotanços. Quando tudo acabou, de cabeça para baixo e agarrado ao volante que nem um leão é que me apercebi que tinha mandado o carro para a sucata e eu nem um arranhão ou uma nódoa negra tinha, talvez tenha 7 vidas como os gatos. Com o carro destruído, só fiquei extremamente lixado pelo facto de a única coisa que saltou da carrinha ter sido a mochila com o equipamento fotográfico, e com tanta terra em volta tinha de ter caído dentro da única vala com água existente. Mas depois de chegar a casa e pensar em tudo fiquei muito contente apesar de tudo, de não me ter acontecido nada.

 

 

Dá a tua opiniao acerca do flat?

 

Bem o flat é a vertente do Bmx mais brutal (lol) …com muita pena minha nem a nível Europeu tem tido o crescimento desejável apesar de haver riders com andamentos brutais. Em Portugal a situação é critica e á vários anos que os atletas são os mesmos. Apesar de nos últimos 2 anos ser ter realizado em Portugal/Portimão um dos campeonatos de Faltland com mais qualidade na Europa, não foi o suficiente para estimular e desenvolver objectivos para o aparecimento de novos riders. Mas mesmo assim continuo a pensar que os eventos são os responsáveis directos para o aparecimento de mais riders, o que quer dizer que em Portugal serão necessários mais eventos de Flat  para que este cresça. Por outro lado e como acontece também no Street, é necessário que quando exista alguma iniciativa que os atletas participem, porque senão tornasse numa bola de neve que só leva ao fim da modalidade.

 

O teu melhor momento enquanto atleta?

 

O meu melhor momento como atleta foi em 2003 no Faltground 3 na Holanda. A primeira vez que saí de Portugal passar ás finais em primeiro Master e depois conseguir acabar em segundo, marcou-me bastante. Não queria deixar de referir entre este e o primeiro lugar em 2004 no Campeonato do Mundo em Colónia é muito difícil de escolher, mas a 1º vez é sempre a 1º vez.

 

valter_2small

 Alguns interesses aparte das bikes?

 

Sim gosto bastante de fotografia, posso dizer que é o único hoby que tenho, uma vez que andar de bike faz parte da vida como respirar. Este interesse só surgiu por volta de 2004/2005 quando fiz uma viagem á Holanda, até a esta data nunca tinha tirado fotos nem tido nenhum contacto com a arte mas depois de ter revelado as fotos da viagem e deparar-me com um monte de M… decidi que tinha que comprar uma maquina melhor. Depois de ter a minha primeira Canon A70 comecei a ganhar curiosidade que depressa se transformou numa paixão.

 

 

Se tivesses Cem mil euros para gastar em 24h… que fazias? Não vale guardar!!!

 

Como um amigo nosso costuma dizer (Kid), metade gastava em putas e droga e o resto mal gasto.

 

Os teus agradecimentos?

 

São poucos. Gostaria de agradecer á minha namorada, pais, amigos e todos aqueles que me rodeiam por acreditarem em min e deixarem-me fazer aquilo em que acredito e gosto.

 

 

 

Obrigado valter!

 

Obrigado

 

 

Posted in Bmx, Exclusivo and tagged , . Bookmark the permalink. RSS feed for this post. Leave a trackback.

7 Responses to Em Exclusivo – Entrevista a Valter Guerreiro!!!

  1. Pedro says:

    valter, o master das fotografias! Power!!!

  2. Paulo Martins says:

    Valter, grande Valter, qual pequeno, qual quê… grande entrevista. há e já agora vê lá se respondes à minha agora que já deste o exclusivo ao Pedro :-) abraço para ambos.

  3. David Ines says:

    alta foto a do nose

  4. Henrique says:

    Boa entrevista!!flat abusado!=D

  5. Alex says:

    Tau!! Mais um tiro na alvo(head shot), mais um grande exclusivo. A entrevista está bem nice. Valter continua ai sempre a puxar pelo flat e a tirar grandes fotos.

    Abraço

  6. Pedro Brás says:

    Nunca tinha visto esta entrevista?! Muito power valter! :p

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Swedish Greys - a WordPress theme from Nordic Themepark.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com